Imagem

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES CADASTRE SEU E-MAIL AQUI:

João da Silva
CONHEÇA O Dr. RODRIGOAdvogado especializado em Direito de Família & Sucessões, com ênfase interdisciplinar em Psicanálise. Professor de Direito Civil – Direito de Família – PUC/MG, desde 01/09/93 (atualmente licenciado).

Formação acadêmica:
Doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná;
Mestre em Direito Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais;
Graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais.

Atuação científica e política:
Presidente Nacional do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM);
Conselheiro da OAB/MG, no período de 1998 a 2003;
Membro da “International Society of Family Law” (Sociedade Internacional de Direito de Família).

Produção de conhecimento em Direito de Família:
Livros, artigos, entrevistas, palestras, participação em bancas, concursos, conselhos e cursos de pós-graduação.

INSIGHTS E DISCUSSÕES SOBRE DIREITO DE FAMÍLIA

INSCREVA-SE NO CANAL DO Dr. RODRIGO  PARA RECEBER MAIS VIDEOS COMO ESTES
O QUE É CLÍNICA DO DIREITO?
O exercício da advocacia em Direito de Família e Sucessões exige dos profissionais um olhar diferenciado sobre as demandas que chegam. E foi justamente para transformar em objetividade toda a confusão da subjetividade envolvida nessas demandas que o advogado Rodrigo da Cunha Pereira criou a “Clínica do Direito”, que une a prática jurídica à psicanálise e tem como objetivo tratar de forma humanizada os temas do Direito de Família. Além de advogado, Rodrigo da Cunha é um estudioso da psicanálise que o ajuda a repensar aspectos mais “duros” do Direito, constituindo cases de sucesso e soluções inovadoras para as demandas dos clientes.

Não é preciso ser psicanalista para ter uma atuação mais eficaz. Basta estar comprometido com a ética do sujeito e da responsabilidade. Para isto é preciso considerar que na objetividade dos atos e fatos jurídicos permeia uma subjetividade que também determina os processos judiciais. O sujeito de direitos é também um sujeito desejante.

Uma nova ética para a prática da advocacia em Família e Sucessões significa demonstrar ao cliente as tramas envolvidas nos processos e evitar que eles se tornem uma montagem perversa, e um desrespeito com a vida privada de cada uma das partes. É esta nova ética da advocacia, proporcionada pela compreensão do discurso psicanalítico, que conduz o advogado a uma direção em que o nosso escritório passa a ser também uma “Clínica no Direito”.
 

CONTATO